sábado, 29 de janeiro de 2011

Ponto de partida

Eu sei com certeza que você é início.
Na verdade, te cabe uma boa descrição:
               Você é começo constante.
E eu sei dizer o porquê.
O meu desejo por você não morre.
                Isso é início.
O amor que tenho por você me dá saudade.
                Isso é início.
A beleza que vejo em você não diminui.
O encanto do meu sentimento não se desfaz.
             Sei que isso é início.
Mas da mesma forma que você não termina,
Sou eu quem acaba.
E já que preciso ter um fim,
Que dele você seja o início.
Que meu último suspiro seja então
                          Seu.
Como foi cada pedaço da minha vida sem você.
Já que você sempre será o primeiro,
Te cabe também ser o último.
E se algum dia te ocorrer tal pensamento,
Perceba também que você foi sempre
                        O Único.


31 de dezembro de 2009


5 comentários:

Nathan Sampaio Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nathan Sampaio Silva disse...

Tenho até receio de publicar um comentário pra vc Wee, sério. Pq você merece ler coisa muito melhor do que eu consigo escrever. E não falo só de elogios, mas da interpretação e da forma como eu ou os leitores sentem, e com certeza sentem, ao ler seus poemas. Direi o mais importante, que também é: O poema é lindo e me ajuda muito. Simplesmente leio, e ele me ajuda. Um beijo! Amo você!

Moe disse...

O poema é amor puro. E por isso mesmo, eu amo!
Wee você é amor.
Te amo
M
ps: Nathan, seu comentário também faz muito bem! Amo!

Nathan Sampaio Silva disse...

Amor, amor, amor. Amo, amo, amo vocês!! =] É amor, por isso me ajuda!

Ariel R. disse...

WOW! PERFEITO!

Postar um comentário

 
;