sábado, 26 de junho de 2010 4 comentários

Eu escrevo...

Tentei imaginar o que as pessoas pensam do que eu faço.
Do porquê que eu escrevo.
Fiquei pensando, se me analisassem
O que concluiriam...?
Se perguntassem o que eu quis dizer com poesia?
Mas a verdade é que eu não quero que me estudem.
Não classifiquem meus versos.
Não tentem descobrir o motivo de existirem.
Não procurem saber o lugar, quando ou a situação em que surgiram.
Não escrevo porque o mundo precisa de meus versos.

Escrevo porque eles precisam sair de dentro de mim.




Weena Potter 22/02/2010
 
;