sábado, 7 de novembro de 2009

Esperança

Acho que mesmo você, amor
Se ouvisse a minha história
Contada assim, da minha memória
Talvez compartilhasse da minha dor.

Porque te digo que se eu pudesse escolher,
Mesmo você concordaria
Que a melhor coisa que eu faria
Era de uma vez te esquecer.

Pois eu não sei se bem ou mal me faz
Você me manter sob esse encanto presa
Porque por vezes eu sinto tristeza
E por vezes alegria me traz.

Mas te digo que não desejo liberdade
Desse doce sentimento
Pois ele é como um sonho: em algum momento
Pode ainda ser verdade.


Weena Potter 04/09/08

2 comentários:

Nathan Sam xD disse...

É muito bom. Pois em sonho e realidade, continuarei sonhando! kkkkkkk! adoreeei!

Pedro Augusto disse...

sempre um melhor q outro... gostei muito desse =)
bjo (=

Postar um comentário

 
;