terça-feira, 18 de agosto de 2009

E se...?

"E se te valesse a pena saber de mim?
E se eu, mesmo sofrendo não desistisse?
E se teu peito sentisse um amor que parece não ter fim?
E se eu, mesmo doendo, ainda fingisse?

E se a verdade, como uma flecha, te atingisse?
E se eu, mesmo lutando, te esquecesse?
E se antes de sequer chegar, eu partisse?
E se meus versos se apagassem sem que os lesse?

Você, mesmo tão longe, me imagina
Eu, mesmo querendo, não te conheço
Você, sem saber, a amar me ensina,
Eu, que nem te vi, teu amor mereço?"

3 comentários:

Nathan Sam xD disse...

Lindo seu Blog Weena, fez agora, nesa semana?
nada melhor pra passar o tempo, principalmente quando se está doente! aaah! bjoos!
bom final de semana!

Pedro Augusto disse...

merece sim =DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD


uheuehueheuheeh

MaTiAs disse...

A veces escribir es la mejor forma de expresarnos, no sólo por la lectura de los demás, sino por la libertad que se siente al dejar salir las palabras sin barreras, que de a poco van cobrando sentido, e incluso volviéndose interesantes, como en este caso...

Gostei do blog,
beijo Weena

A gente se ve!

Postar um comentário

 
;